Bitcoin: é seguro investir em criptomoedas?

Nova Carteira Endinheirando out18
Eleições 2018 – Atualização de carteira seguindo metodologia do #30minutos
8 de outubro de 2018
cultura da poupança endinheirando
Educação Financeira para Leigos: a Cultura da Poupança
25 de outubro de 2018
bitcoin é seguro endinheirando

Bitcoin: é seguro investir em criptomoedas?

 

O Bitcoin inovou a maneira como as pessoas realizam transações digitais, consolidando-se rapidamente como a maior e mais aceita das criptomoedas. Desde sua criação em Dezembro de 2009, foram descobertas inúmeras formas financeiramente vantajosas de utilizá-lo. Devido a sua crescente popularidade, o valor da criptomoeda aumentou, gerando grandes ganhos para seus usuários. Apesar disso, uma questão permanece na mente da população em geral: o Bitcoin é seguro como um investimento?

Como qualquer outra transação online, o Bitcoin também possui suas vulnerabilidades. Vamos aprender um pouco mais sobre elas e como garantir a segurança da sua carteira digital?

 

Quais são as maiores preocupações em relação ao Bitcoin?

 

Apesar do seu protocolo ser seguro, com criptografia forte incorporada, nem todos os serviços que lidam com o Bitcoin o são. Blockchain, a tecnologia por trás das criptomoedas, não está imune a ataques cibernéticos.

Irrastreável e desvinculada de organizações bancárias específicas, as criptomoedas se tornaram extremamente atraentes para cibercriminosos.

Suas vantagens, como a privacidade, trabalham não só a favor de seus usuários, mas também a favor de hackers. O seu elevado nível de anonimato possibilita, por exemplo, transações que não podem ser rastreadas até o hacker.

Por isso mesmo o uso do Bitcoin e outras criptomoedas vem moldando o ambiente de ameaças. Ataques ransomware tornaram-se cada vez mais comuns, incluindo o bloqueio de acesso dos usuários legítimos às suas criptomoedas.

Sites populares são utilizados para infectar as máquinas, enquanto aplicativos maliciosos são disponibilizados em lojas de aplicativos, atacando dispositivos móveis.

Realizar transações digitais seguras com criptomoedas requer atenção dobrada, e o usuário precisa se precaver contra suas vulnerabilidades.

 

Como garantir a segurança da sua carteira digital?

 

Na internet, a proteção de dados pessoais é fundamental, não apenas no caso das criptomoedas, mas em geral. Reforçar a segurança da sua navegação é a melhor maneira de evitar surpresas.

Confira abaixo alguns cuidados básicos para tornar a sua navegação na rede mais segura:

 

  • Visite sites seguros. Realize negociações apenas em sites confiáveis e evite abrir links de e-mails desconhecidos ou suspeitos.
  • Crie senhas fortes. Combine letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais em senhas com mais de 15 caracteres. No caso de suas carteiras, utilize senhas especiais, que não são utilizadas em outros serviços, como e-mails.
  • Use a autenticação em dois passos. Dificulte o acesso o máximo que puder. Quanto valem as suas informações pessoais? Não facilite. O cuidado vale mais um passo.
  • Instale um bom antivírus. O seu comportamento online será o fator determinante, mas um bom antivírus sempre ajuda.
  • Evite utilizar computadores públicos ou de outras pessoas. Abra a sua carteira digital apenas em máquinas próprias. Se for necessário utilizar a máquina de terceiros, certifique-se de sair da sua conta ou utilize a navegação anônima, fechando o browser ao terminar.
  • Não se conecte a redes abertas. Priorize o 4G, mas se for necessário utilizar o wi-fi aberto, visite apenas sites confiáveis, HTTPS/SSL (com o símbolo de cadeado na barra de endereço).

 

Além disso, você também pode monitorar o vazamento de senhas online em websites como Have I Been Pwned para que, caso tenham vazado, você possa trocá-las imediatamente.

Quando se fala em investimentos, no entanto, o cuidado deve ser dobrado. Afinal, estamos lidando com nossas finanças, e o prejuízo que um deslize pode causar é muito grande.

Temos 5 dicas para garantir a segurança da sua carteira digital:

 

  • Sobre a corretora

 

Escolha uma corretora confiável para negociar suas criptomoedas. É uma decisão importante, por isso pesquise bastante sobre a sua reputação, infraestrutura, atendimento e também, é claro, seu sistema de segurança.

 

  • Sobre a carteira

 

Escolha uma carteira confiável, fornecida por empresas estabelecidas no mercado. Como já mencionamos, existem aplicativos maliciosos disponíveis em lojas como a Google Play, por isso certifique-se que a sua carteira não é um deles.

Além disso, faça o backup da sua carteira e armazene-a em um lugar seguro. Do contrário, se algo acontecer à sua máquina ou dispositivo, você a perderá.

 

  • Reforce as senhas dos dispositivos

 

Se você armazena a carteira no celular, reforce sua senha contra o acesso de ladrões. Faça o mesmo com qualquer outro dispositivo.

 

  • Distribua seus bitcoins entre diferentes carteiras

 

Distribuir suas bitcoins entre carteiras diferentes é a melhor maneira de se certificar que, caso algo aconteça com uma delas, você não perderá tudo.

 

O Bitcoin é seguro para quem sabe usá-lo.

 

Criptomoedas como o Bitcoin vem gerando grandes lucros para seus investidores nos últimos anos. É fundamental, no entanto, que saibam operar de acordo com a plataforma.

E aí, aprendeu como se precaver para fazer investimentos lucrativos com o Bitcoin? Fale um pouco sobre a sua experiência nos comentários!

 

Continue acompanhando nosso portal para mais informações sobre o mercado de ações e investimentos e aproveite para deixar mensagens com suas sugestões e dúvidas!

Os comentários estão encerrados.