certificados de recebíveis de agronegócio
Investimentos em Certificados de Recebíveis do Agronegócio – CRA
23 de agosto de 2018
previdência privada
Imposto de renda na Previdência Privada
23 de agosto de 2018
fundos de investimento

Escolhendo Fundos de Investimento

Por Marco Saravalle

 

Você já foi ao supermercado e ficou em dúvida em qual produto escolher em uma prateleira? Investir em fundos de investimentos é a mesma coisa: temos diversas opções e você tem que escolher apenas uma. Se você está pensando em investir em fundos e não sabe por onde começar, nós vamos lhe ajudar.

 

Existem cerca de 17 mil fundos no Brasil e escolher um não é uma tarefa tão fácil.

 

Existem diversos tipos de fundos, desde aqueles tão seguros quanto a poupança, quanto outros tão arriscados como investir em ações. Sempre vai ter um que parece mais com você, de acordo com seu perfil.

Em resumo, os fundos são investimentos como em um condomínio, que reúnem aplicações de diversos investidores, podendo ser investidos em diferentes ativos, como títulos públicos, ações ou dólar.

Precisamos lembrar também que os gestores de fundos são profissionais altamente qualificados, e por isso eles cobram uma taxa de administração. Alguns podem cobrar também taxas de performance, entrada e saída.

Conforme a Anbima nos recorda, os fundos também descontam Imposto de Renda na hora do resgate ou semestralmente, no caso dos fundos de renda fixa e multimercados – o tão odiado come-cotas.

Todos os fundos de investimento no Brasil são classificados pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). Com isso, temos diferentes nomes para os fundos, de acordo com os ativos investidos.

Para grande parte dos fundos, nós reconhecemos o investimento já pelo nome, como exemplo os FIAs, que são fundos de investimentos em ações. Veremos estes nomes ao longo dos próximos artigos e tudo vai ficando ainda mais familiar.

 

Para escolher o melhor fundo, precisamos primeiramente conhecer nosso perfil de investidor e objetivos.

 

A partir desta etapa, ficará mais fácil saber qual tipo de fundo é o mais adequado para você.

Como existem diferentes tipos de fundos, nós iremos apresentá-los nos próximos artigos. Se você tiver dificuldade, um assessor pode lhe ajudar a escolher algumas opções de acordo com seu perfil.

Você vai responder um questionário para identificar qual é seu perfil de investidor, geralmente conservador, moderado ou agressivo. Para todos os perfis, temos várias opções de fundos. Vamos conhecê-los?  

 

Confira nossos conteúdos no portal Endinheirando para mais informações sobre o mercado de ações e investimentos.

Os comentários estão encerrados.